(© 1997-2008 by Francisco Panizo Beceiro)

Se você quer uma Ajuda Específica para o seu caso, proceda como indicado:
clique Suporte, e envie a sua dúvida (para cadastrados no CLUBE DO HELP DESK)
ou envie sua dúvida para nosso Super Fórum )

EsportesMotor - Notícias sobre quase 100 categoria

Seção Windows da abcDICAS.com.br
Erros de Travamento - O Que São e Como Resolver

Há alguns anos atrás (na verdade pouco depois de 1985) inventaram um software que tendo uma interface gráfica, ao contrário do DOS totalmente texto, acharam que iria fazer tal revolução que acabaram denominando-o de Sistema Operacional Windows. De sistema operacional não tinha nada, era apenas uma sistema de menus com uma interface gráfica. Logo veio a versão 2, que quase nada acrescentava - e que também quase ninguém viu - ninguém usou.

Nova tentativa e apareceu no mercado a versão 3.0 do Windows, em maio de 1990, que ainda não era um Sistema Operacional, mas tinha muitas melhorias sobre as versões anteriores, uma delas sendo a possibilidade - restrita ainda - de rodar mais de um aplicativo. Não era nenhum "multitarefa preemptivo" porém já dava para ter o Excel numa janela e o Word na outra, e poder ficar alternando entre eles quando desejado. As versões seguintes: 3.1 (lançada em maio de 1992) e 3.11 (esta denominada de Windows for Workgroups, a primeira versão em 32 bits, e lançada em março de 1993) trouxeram ainda mais melhorias e a Microsoft começou a se tornar a potência que é hoje.

Em agosto de 1995 finalmente apareceu um quase Windows Sistema  Operacional, denominado de Windows 95, que finalmente permite a "multitarefa preemptiva", e que finalmente tornou a Microsoft na potência que é hoje.

Tudo isso entretanto foi sempre desenvolvido com um séria restrição tecnológica: SER SEMPRE COMPATÍVEL COM TODOS OS SOFTWARES DESENVOLVIDOS ANTERIORMENTE. É uma restrição - do ponto de vista tecnológico - porém foi - e é - um lance certeiro do ponto de vista mercadológico, pois permitia que as pessoas e empresas fossem migrando paulatinamente para produtos mais avançados - SEM TEREM QUE JOGAR PELA JANELA SEUS INVESTIMENTOS PASSADOS E ATUAIS - como era o costume da época.

Bom essa novela toda para que? . O título desta página é "Erros de Travamento no Windows". Que relação há entre o título e o texto acima??. Bem, a relação está na tentativa de esclarecer os problemas que os Windows têm apresentado ao longo de quase uma década, e que no fundo são explicados pelo parágrafo acima. Os problemas advém da opção feita por Bill Gates de sempre desenvolver seus produtos Windows de forma a poder rodar os softwares das gerações passadas. Aliado à mesma decisão da Intel (fabricante dos processadores que rodam em quase 98% dos computadores de mesa e móveis) - de também poder rodar sempre os softwares feitos para as gerações anteriores, o que temos é uma bruta confusão (conflitos de gerações é uma expressão interessante para o caso) que só podem acabar trazendo alguns malefícios, e esses podem ser vistos em frases do tipo abaixo, que acabam aparecendo diária ou semanalmente para todos os usuários dos Windows, mesmo o Windows 95, ou 98, ou ainda o novo Windows Me, ou que um usuário conta para outro:

  • Este programa executou uma operação ilegal e será fechado....
  • O Windows travou...
  • Ocorreu uma exceção fatal...
  • Retornando após alguns minutos ao micro o Windows tinha travado sozinho...
  • Quando tento ligar o micro o Windows trava;
  • Quando vou desligar o Windows ele trava e não consigo desligar normalmente o micro..
  • O mouse travou, a tela travou, minha paciência destravou...

Bom sabemos agora que o culpado pode até ser o Bill Gates, mas o Windows acaba travando muitas vezes por culpa de outros. Então o que escrevo à seguir são pequenas sugestões, que tenho usado nos últimos anos, para sair desses incômodos problemas, sempre que possível sem perdas de dados significativas. Vou listar algumas razões, e algumas maneiras de contornar e/ou achar o culpado pelos problemas, de forma livre, começando com os problemas mais crônicos e chegando até uma lista bem completa e específica de ações a serem tomadas para achar alguns culpados:

Este Programa Executou uma Operação Ilegal - o Windows, ou a aplicação, travou:

  • Uma operação ilegal é na verdade (e simplesmente) a falha de uma peça de software no intento de completar uma determinada tarefa, porque esse produto tentou acessar uma área de memória que não está disponível, seja porque outro software já está usando tal endereço de memória, ou por essa porção da memória estar alocada à um dado dispositivo (Scanner, Mouse, Vídeo, Impressora, etc).
  • Para resolver tal tipo de problema o ideal é sempre estar atualizando todos os drivers dos dispositivos instalados, só comprar novos dispositivos que são acompanhados de drivers recentes, e ficar de olho nas revistas especializadas para ver quando novos bugs são descobertos e pegar os novos patches(1) que as empresas culpadas acabam colocando gratuitamente (quase sempre) à disposição dos seus usuários - em geral pela Internet.
  • Quando o problema ocorre podemos tentar repor os drivers que vieram com os dispositivos, pelos drivers fornecidos pela própria Microsoft; por exemplo desconfiando do driver da placa de vídeo, instalar o driver do Windows denominado Super VGA (se resolveu então você já achou o culpado!);
  • Mas antes de ir tentando achar os culpados vamos devagar com o andor. Siga os passos abaixo, antes de ir passando para a Solução Final: DESLIGAR O MICRO:
  •  
    • Não dê boot / não pressione RESET / Não desligue o botão de POWER do seu micro; o Windows tem a capacidade de finalizar adequadamente todas (praticamente) as aplicações com problemas de travamento - que são aquelas que param de responder aos sinais que o Windows envia para tentar recuperar a ação para si. Isto ocorre em mais de 80% dos casos;
    • A primeira alternativa é pressionar simultaneamente as teclas [CTRL] [ALT] e [DEL] - uma única vez - e aguardar pelo menos 20 segundos antes de partir para outro passo;
    • Aparecendo a janela  "Fechar Programa", que lista todas as aplicações rodando no Windows naquele instante, cheque as linhas que estão com os dizeres " Não está respondendo" ao lado da aplicação que se encontra travada; Em seguida clique sobre a linha que mostra o problema e pressione o botão [FINALIZAR]. Abre-se uma outra janela, informando novamente que a aplicação ainda não responde ao Windows, e perguntando se se deseja fechar realmente. Pressione o botão [Finalizar a Tarefa] para encerrar definitivamente o programa;
    • Se no passo anterior a janela "Fechar Programa" não aparecer, pressione simultaneamente, mais uma vez, as teclas [CTRL] [ALT] e [DEL] que a janela deverá aparecer e aí continue com as ações listadas no passo anterior;
    • Entretanto - em alguns casos - o programa causador do travamento acaba interferindo com Windows Explorer - que é parte integrante e fundamental do próprio Windows, e aí só há uma jeito de sair do travamento: RESETANDO o micro;
    • Resetando o micro causa, em geral, problemas com os arquivos de dados temporários, que estavam abertos no momento do travamento, além de poder atingir algum componente básico e vital do próprio Windows. Em assim sendo é de fundamental importância que o usuário, ao voltar a ligar o micro, execute o utilitário SCANDISK para checar se ocorreram problemas com o sistema de arquivos do Windows (Windows File System), e para recuperar os fragmentos dos arquivos de dados que ficaram perdidos pelo desligamento inadequado do sistema; (muitas vezes o próprio Windows ao ser reiniciado vê o problema ocorrido e roda automaticamente o SCANDISK. (o utilitário SCANDISK está localizado no menu: INICIAR | Programas | Acessórios | Utilitários do Sistema)

    Nos casos de execução de operação ilegal o Windows apresenta uma janela informando do problema; essa janela tem 2 botões: o primeiro é o botão [OK] que em geral faz o programa que apresentou o problema fechar, enquanto o segundo [Detalhes] permite abrir uma sub-janela informando o nome do programa ofensor e o nome do programa ofendido (esta informação pode ser de grande interesse), além dos valores atuais dos endereços da pilha - em geral essas últimas informações são de pouca valia - e tenho certeza que se você ligar para o Suporte da Microsoft eles não vão saber o que fazer com esses dados, que na verdade só servem para as equipes de desenvolvimento dos produtos envolvidos.

O Windows trava depois de algum tempo, sozinho:
  • Primeiro cheque se existe alguma aplicação - ou utilitário - que rode automaticamente no período de "inatividade aparente" do Windows e que coincida com o período em que aparece este problema (são casos típicos: Screen Saver, Programas de Comunicação, Fax-Modem tentando enviar algo automaticamente, Aplicativo com a opção Auto-Save ligada e sendo usado com um disquete que não está mais no drive em que o programa está esperando encontrar)
  • A grande maioria dos casos é causada por conflitos entre o Screen Saver e o driver de vídeo (tente outro screen saver, ou desligue totalmente a opção de uso de screen saver). Tente reinstalar o driver de vídeo, mas assegure-se que o driver antigo seja sobregravado sempre.
  • Cheque se não há problemas com o Agente de Sistema (programa que acompanha o pacote Microsoft Plus! para Windows, ou entre ele e outro programa que fique residente em memória (como nas versões iniciais do Clean Sweep).
  • Verifique se o problema não está com o sistema de "stand-by" da sua BIOS (é o sistema configurado no SETUP que permite que a própria BIOS desligue - após um certo período de inatividade - o sinal para o monitor, gerando uma certa economia de energia, mas podendo causar uma inabilidade total para o sistema "acordar" desse processo de hibernação. Desabilite tal opção do SETUP e veja se resolve o problema.
  • O Windows não consegue terminar de Desligar:
  •  
    • Quando o Windows inicia o processo de desligamento (tecnicamente denominado shutdown), ele libera a memória cache, gravando em disco os dados que ainda não tinham sido gravados no disco rígido (esta característica é denominada de Write-behind Cache), fecha todas as aplicações ainda abertas, fecha os serviços de comunicação e de rede local, e usualmente toca uma pequena musiquinha (um arquivo .WAV) ao final de todo esse processo. É algo que ocorre em muitas máquinas: um conflito entre a placa de som e outros periféricos, acarretando o travamento do micro.
    • Para ver os recursos que estão sendo utilizados, entre no menu: INICIAR | Configurar | Painel de Controle | Sistema - Gerenciador de Dispositivo. Um pequeno sinal amarelo de Exclamação é a maneira do Windows 95 dizer para você que há conflito nesse dispositivo. Muitas vezes é a placa de som, que usualmente usa a IRQ 5, esteja entrando em conflito com uma placa de rede, ou uma controladora de scanner, que também podem ter sido configuradas para trabalhar com a IRQ 5.
    • Se for esse o caso, altere a configuração IRQ de um dos dispositivos, para que esse passe a utilizar outra IRQ - que deve estar livre.
  • Ocorreu uma Exceção Fatal:
  •  
    • As exceções fatais freqüentemente ocorrem quando duas aplicações estão tentando acessar o mesmo recurso - ou endereço de memória - ao mesmo tempo; isto causa um conflito que é sempre fatal para a continuidade da operação da aplicação e/ou do próprio Windows. Quando o shell do Windows (o Explorer) é afetado, o travamento não pode ser resolvido por nenhuma das alternativas já citadas anteriormente.
    • Uma exceção fatal pode ser causada por drivers de dispositivos (o driver do vídeo é encarado como o mordomo das histórias de crimes misteriosos), por um software com erros em suas linhas de programação (é chamado de bug), por erros em discos e mesmo por um chip de memória com falha.
    • Se o problema ocorre só com uma determinada aplicação, tente reinstalá-la, cheque se existem patches para o produto, ou passe a se utilizar de uma versão mais nova do produto;
    • O driver de vídeo, como dito anteriormente, é um dos culpados preferenciais, pois com o aumento brutal do trabalho gerado pelos novos e "enormes" aplicativos existentes na praça, novos hardwares com performances incríveis, com a exigência de cada vez maiores velocidades de acesso à dados em memória, a interface entre a aplicação, o sistema operacional, e o hardware está, freqüentemente, no limite da instabilidade;
    • Tente reduzir o nível de aceleração gráfica (no Painel de Controle | Sistema | Gerenciador de Dispositivo na aba Performance - botão Gráficos) ou atualize seu drive de vídeo para ver se isso resolve o problema;
    • Veja também se sua BIOS não está configurada para uso com memórias de maior velocidade que os chips fisicamente instalados em sua placa-mãe;
    • Tente também limpar os contatos dos pentes SIMM de memória, pois sujeira e oxidação dos contatos, ou um simples mau contato, podem estar causando o problema.
O Windows Trava ao Ligar:
  • Primeiramente dê novo boot, e se o Windows não for direto para o Modo de Segurança - travando novamente, dê mais uma boot, mas desta vez pressione a tecla [F8] assim que aparecer no vídeo a frase: "Iniciando o Window ..."; e assim que aparecer o menu, que o Windows apresenta nesse momento, escolha a opção "2.Conectado(\BOOTLOG.TXT)"; ela vai gerar um arquivo - totalmente no formato texto - de nome BOOTLOG.TXT, que mostra o progresso do carregamento do Windows 95 passo-a-passo, e que pára exatamente no ponto em que o problema ocorre (veja na última entrada desse arquivo onde está ocorrendo o problema);
  • Se não der certo, tente mais esta: comente (coloque a palavra REM, e mais um espaço) cada linha dos arquivos CONFIG.SYS e AUTOEXEC.BAT - eles na verdade nem precisam existir para o Windows trabalhar. Dê novo boot, se resolveu vá retirando cada REM colocado anteriormente - UM a UM - até aparecer o culpado (entenda bem: a cada linha, que você for retirando o REM, dê um novo boot);
  • Se ainda não deu certo, tente mais uma: retire cada um dos ícones que se encontram dentro do grupo Iniciar (como retiro os ícones do grupo Iniciar?), e dê novo boot. Se resolveu vá colocando cada ícone de novo dentro do grupo Iniciar até achar o culpado (entenda bem: a cada ícone, que você for adicionando ao grupo Iniciar, dê um novo boot);
  • Não resolveu ainda?. Bom a coisa está ficando um pouco preta (está chegando a hora de tirar as crianças da sala!!!); talvez seja hora de pedir para alguém, com domínio adequado sobre o Windows, te ajudar à partir deste ponto:
  •  
    • Entre no Gerenciador de Dispositivos (aquele dentro do Painel de Controle e no ícone Sistema) e cheque a existência de conflitos e duplicidades de dispositivos (tal como duas placas de vídeo, ou dois CD-ROMs, ou ainda duas controladoras de Disco Rígido); corrija se for o caso e tente novo boot;
    • Desative os seguintes "dispositivos" clicando no sinal de "+" perto do nome da categoria e selecionando o dispositivo. Clique em seguida em Propriedades , entre na aba Geral, e clique no box  "Configuração Original" para limpar a marca:
    •  
      • Adaptadores de Vídeo;
      • Controladoras de Winchester (ou Disco Rígido);
      • Mouse;
      • Placas de Rede;
      • Controladoras SCSI;
      • Portas;
      • Controladoras de Som - Games - e Joystick;
    • Dê novo boot, o qual deve fazer funcionar o Windows. Resolvendo, vá agora reativando cada dispositivo - na ordem indicada abaixo - até encontrar o culpado (entenda bem: a cada dispositivo, que você for reativando, dê um novo boot);
    •  
      • Portas;
      • Controladoras de Winchester (ou Disco Rígido);
      • Controladoras SCSI;
      • Mouse;
      • Controladoras de Som - Games - e Joystick;
      • Placas de Rede;
    • Naturalmente você sempre deve checar, na aba Propriedades, se o recurso de cada dispositivo não está em conflito com outro dispositivo, pois isto seria a causa do problema;
    • Renomeie os arquivos SYSTEM.INI e WIN.INI - eles na verdade nem precisam existir para o Windows trabalhar - pois eles podem estar tentando carregar um driver com problema. Nessa situação faça também o seguinte:
    •  
      • copie o arquivo SYSTEM.CB e renomei-o como SYSTEM.INI;
      • abra esse novo arquivo e acrescente a linha abaixo na seção [Boot]:
      •  
        • DRIVERS=MMSYSTEM.DLL
      • dê novo boot;
    • ÚLTIMA ESPERANÇA (antes de REINSTALAR o WINDOWS - o que, quem sabe, não é a melhor solução para este caso!): Verifique se não é o REGISTRO DO WINDOWS 95 que está com problemas:
    •  
      • dê um boot para o DOS e troque o arquivo SYSTEM.DAT (na pasta Windows\System) por uma cópia do arquivo SYSTEM.1ST (na pasta RAIZ); (você necessita alterar os atributos do arquivo SYSTEM.DAT antes de conseguir tal intento; o comando do DOS que permite tal alteração nos atributos é: ATTRIB SYSTEM.DAT -r -s -h );
      • se resolver então você agora só precisa reinstalar cada software instalado após a primeira instalação do Windows, para tudo voltar a funcionar. (deixa eu perguntar de novo: REINSTALAR o WINDOWS 95 não é seria a melhor solução para este caso!; e tudo - inclusive o Windows - não pegaria um ar fresco e saudável à todos?)....

(1) patches são pequenos programas corretores de bugs; desenvolvidos pela equipe de desenvolvimento do programa defeituoso, permite uma maneira rápida e barata (pois se gasta 1 ou 2 disquetes) para efetuar as correções, não necessitando portanto da distribuição de todo o programa novamente.;


Nota: gostaria de pedir desculpas antecipadas por duas táticas adotadas por mim ao escrever este material; a primeira quanto a certos termos escritos numa linguagem um pouco leve, mas que foram utilizados em alguns pontos para amenizar um assunto tão árido; e a segunda quanto a certas simplificações técnicas adotadas em algumas partes deste material, mas que foram utilizadas para esclarecer algo de sorte a que possa ser entendido pelos usuários médios que navegam pelas minhas páginas; são usuários que na sua grande maioria têm mais de 3 anos de experiência na área, utilizam o Word e o Excel no seu dia-a-dia e que se deparam com problemas que podem estar além do domínio, mesmo para alguns analistas de informática, principalmente para aqueles voltados mais para o desenvolvimento de pequenas aplicações, no seu ambiente de trabalho, e que, por não terem se desenvolvido nessa área, ficam perdidos com alguns dos problemas que acabam ocorrendo em nosso dia-a-dia.


[voltar]


| Home |